VOLUNTARIADO DF: OS DOIS MUNDOS QUE TODOS PODEM AJUDAR

VOLUNTARIADO DF: OS DOIS MUNDOS QUE TODOS PODEM AJUDAR

Criança é criança, não importa onde seja. São encantadoras, alegres, inocentes e cheias de vida. São como água, tomam todos os espaços e até aqueles vazios em nossos corações. Quando cheguei, logo me cercaram e abraçaram em coletivo, fiquei parecido com uma árvore de crianças. O pescoço ficou pesado com tantas mãozinhas, e os risos se multiplicaram ao meu redor. A alegria delas espanta toda a tristeza.

Agora temos dois espaços, um para os adultos e outro para as crianças. No primeiro, o assunto é muito sério; no segundo, lúdico. O mundo delas é outro, e ainda bem por isso. Enquanto no nosso falávamos sobre trabalho, perseverança e futuro; no delas, se encantavam com a contadora de histórias. Dois mundos diferentes, mas ambos precisam ser expandidos.

Os adultos aprendem sobre trabalho e futuro, pois diante da realidade atual precisam aprender a vencer as adversidades e guiar suas famílias para uma situação melhor. Nós apoiamos com alimentos, doações, direcionamento, fé e amor. Muitos têm vencido e acreditamos que mais deles vencerão, pois mais famílias estão chegando. Sempre estão chegando.

Hoje nos dividimos em 4 pontos, alguns grupos foram para a Quadra 209 no Trecho 2, outro grupo foi atender novas famílias em outro local do Trecho 2 ( situações complexas que não podem ser ignoradas), outras equipes visitavam famílias no Trecho 3, e nós ficamos com várias outras no templo do Trecho 3. Semana que vem estaremos na Estrutural para completar o trabalho.

Gostaríamos de levar o lúdico para essas senhoras e senhores, mas suas realidades são bem complexas: pessoas desempregadas, famílias desestruturadas, doenças graves e parentes assassinados. Eles precisam de esperança real, mãos auxiliadoras e amor acolhedor. Precisam que no mundo delas existam promessas reais e palpáveis, para assim segura-las com suas mãos e subirem novamente. Por isso que atuamos nesse mundo também, levamos mais que palavras, levamos o suprimento para que eles possam continuar a caminhada.

 DOE AGORA MESMO

Os Presentes do Níver do Miguel

Hoje foi um dia especial. Miguel, o filho da Gislaine, seguidora do Corrente do Bem Brasília, fez aniversário e os presentes solicitados foram kits escolares para distribuir para quem não tem. Sua iniciativa encantou a muitos, ele conseguiu 117 kits. Então ele veio juntamente com sua família entregar pessoalmente.

Doação Voluntariado-DF

Diante de tal situação, Fernandinha se levantou e pediu para fazer uma oração de ação de graças pela vida do Miguel. Gratidão a Deus por sermos abençoados pela generosidade do pequenino.

Mais um mês vencido. Famílias supridas, projetos a todo vapor e gratidão a Deus por tudo que tem nos proporcionado.

Voluntariado-DF

Voluntariado-DF

Você Pode Dar Cursos ou Ensinar Aqui

No mês de março daremos inicio a mais um projeto: Casa de Percussão. Teremos aula de música com o percussionista do Ministério Louva Deus: Sassá. Ele dará os primeiros passos para despertar a musicalidade nos adolescentes das famílias assistidas.

A sala está à disposição para todos aqueles que desejam fazer a diferença na comunidade do Sol Nascente. Teremos futuramente cursos de violão, cursos profissionalizantes, de artes e pintura. Caso queira ensinar ou simplesmente dar o seu conhecimento, amor ou força, entre em contato conosco. O nosso mundo e o mundo das nossas crianças precisam de você.

Todos Podem Doar

A base do projeto é doação de alimento. A necessidade mais latente é alimento. Saber que existem pessoas que ainda passam fome em Brasília é a pior das noticias. Cada doação é fundamental para a continuidade do projeto. Nós damos instrução, visão e aconselhamento, mas existe algo que sempre precisamos compartilhar: comida. Com 55 reais é possível comprar uma cesta de alimentos e apoiar uma família. Em DOAR AGORA é possível fazer sua doação diretamente via internet.

 

Faça Visitação aos Lares do Sol Nascente

Uma parte importante do nosso trabalho é realizado através da visitação. Em cada casa conhecemos toda a família e podemos ajudar de forma pessoal a todos eles. Você pode fazer parte de uma equipe de visitação e levar seu amor a quem precisa.

Voluntariado-DF

Voluntariado-DF

Um comentário

  1. […] que devemos fazer para ajudar alguém necessitado? Alguns lares têm tantos problemas que não sabemos nem por onde começar. Quando olhamos o cenário entendemos […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Podemos ajudar?